Estratégia

Mãos de poker: categorias para guiar o pós-flop

Home / Blog & News / Mãos de poker: categorias para guiar o pós-flop
September 18, 2020 1:02 pm | por DM Créditos

Quando começamos a estudar poker, vemos um número enorme de novas informações, conceitos e estratégias. Para facilitar a aplicação dos estudos na hora do jogo, há um esquema de classificação das mãos de poker, principalmente no pós-flop.

Nesse esquema, dividimos as mãos de poker em grupos de força e usamos isso para nos orientar sobre como agir com cada um deles. Essa divisão é uma simplificação, mas ajuda a solidificar as bases do jogo e evitar erros básicos. Conforme nos aprofundamos nos estudos, nem sempre vai ser possível ou necessário aplicar esse esquema.

Terminologia das mãos de poker pós-flop

Em primeiro lugar, é preciso entender que há termos específicos utilizados para descrever as mãos de poker pós-flop. Esses termos foram criados a fim de facilitar a nomenclatura de mãos de poker que ocorrem com frequência, assim os jogadores conseguem se situar melhor e avaliar a força delas perante o bordo. Veja a seguir:

Overpair

Um overpair é  um par na sua mão (pocket pair) que, após o flop, é maior do que qualquer par que possa existir no bordo.

Exemplo: Você tem um par de ases na sua mão e o flop vira: Q – J – 6. Você tem um overpair.

Set

Mão de poker que ocorre quando você tem um pocket pair e trinca com uma carta do bordo. Se essa carta que você usou para trincar é a maior carta do bordo, chamamos ainda de top set.

Atenção! Um set é diferente de uma trinca. Apesar de eles possuírem o mesmo valor, o termo set é dado apenas quando você faz uma trinca com um pocket pair. Se você trincar com duas cartas do bordo, você tem uma simples trinca.

Exemplo 1: Você tem um par de dois na sua mão e o flop vira: 4 – 2 – J. Você tem um set.

Exemplo 2: Você tem um par de reis na sua mão e o flop vira: K – 8 – 3. Você tem top set.

Top pair/top kicker (TPTK)

Um top pair com top kicker ocorre quando você faz um par com a maior carta do bordo e o seu kicker, ou seja, a outra carta que está na sua mão, é a maior carta possível para se ter, geralmente o ás. A única hipótese em que o maior kicker possível é o rei é aquela em que o par que você fez é o próprio par de ases.

Exemplo 1: Você tem A-J na sua mão e o flop vira: J – 9 – 6. Você tem top pair/top kicker. 

Exemplo 2: Você tem A-K na sua mão e o flop vira: A – 7 – 3. Você tem top pair/top kicker.

Top pair/kicker alto

Um top pair com kicker alto ocorre quando você acerta o maior par do bordo e seu kicker não é o maior possível, mas é o segundo maior possível. Geralmente esse kicker é o rei. A única hipótese em que o segundo maior kicker possível é a dama é aquela em que o par que você fez é um par de ases ou de reis.

Exemplo 1: Você tem K-J na sua mão e o flop vira: J – 2 – 4. Você tem top pair/kicker alto.

Exemplo 2: Você tem A-Q na sua mão e o flop vira: A – J – 7. Você tem top pair/kicker alto.

Exemplo 3: Você tem K-Q na sua mão e o flop vira: K- 9 – 8. Você tem top pair/kicker alto.

A respeito dos outros kickers possíveis, não há consenso. Uma visão mais conservadora sugere que o valete é um kicker bom quando o top pair for uma dama ou maior e um kicker médio quando o par for um dez ou menor, e que todos os kickers abaixo do valete são considerados kickers ruins.

Porém, não há uma nomenclatura própria para esses casos porque uma mão com valete de kicker não é uma mão muito forte.

Texturas do flop

Além das mãos de poker no pós-flop, também há uma terminologia que usamos para classificar o próprio flop em si. Essa nomenclatura é baseada em uma análise da textura do flop.

Assim, ao analisar a textura do flop, conseguimos ter uma ideia muito mais precisa da real força da nossa mão. Vamos conhecê-las.

A respeito dos naipes das cartas do flop, as texturas podem ser classificadas da seguinte maneira:

Rainbow flop

As três cartas trazidas pelo flop têm naipes diferentes.

Exemplo: K♣ – 4♥ – 2♠

2-suited flop

Duas cartas do flop são do mesmo naipe.

Exemplo: K♥ – 4♥ – 2♠

3-suited flop

As três cartas do flop são do mesmo naipe.

Exemplo: K♥ – 4♥ – 2♥

Já a respeito da conectividade das cartas do flop, as texturas podem ser classificadas da seguinte maneira:

Flop conectado

As três cartas do flop podem formar um straight.

Exemplo: Q ♠ – J♥ – 9♣

Flop desconectado

As três cartas do flop estão completamente dispersas entre si.

Exemplo: Q♥ – 7♠ – 3♠

Flop molhado

Oflop apresenta no mínimo duas cartas do mesmo naipe E duas cartas conectadas.

Exemplo: A♥ – 10♥ – 9♠

Flop seco

O flop apresenta três cartas de naipes diferentes E totalmente dispersas entre si.

Exemplo: Q♠ – 7♣ – 3♥

Mãos de poker: as categorias e como usá-las

Agora que você já sabe alguns dos termos mais “técnicos” referentes às texturas dos flops e às mãos de poker no pós-flop, é preciso separá-las em categorias para criar um guia básico para as jogadas.

Apesar de não ser uma regra e a força das mãos depender muito da textura do bordo, isso facilita na hora de aplicar as mudanças de estratégia durante as streets, a avaliar melhor os oponentes e a estudar seu jogo

Veja aqui as categorias e como agir em cada uma delas.

Nuts

É a melhor mão de poker possível naquela etapa do jogo. Ocorre, por exemplo, quando você tem um top set em um flop seco, ou na mesma configuração quando você faz uma quadra, quando faz um flush com o ás em um bordo que não dobrou, quando faz o maior straight possível, entre outros cenários.

Mãos fortes

São mãos de poker com alto valor. Provavelmente você vai querer apostar muitas fichas com elas e pretende obter um bom retorno da jogada. Geralmente essas mãos são difíceis para o seu oponente de ler, ou seja, estão “escondidas”, tais como overpair, dois pares em um bordo sem draws, set baixo, flush com carta média na mão ou top pair com top kicker em um bordo seco.

Mãos médias

São mãos de poker boas, mas que não justificam um grande investimento por valor, como na categoria anterior. Assim, seu objetivo principal com elas é apenas chegar ao showdown pelo menor valor possível ou saber largar sua mão e evitar maiores perdas. 

Ocorre, por exemplo, quando você acerta um top pair com kicker alto, quando faz um flush de uma carta só com uma carta média, quando trinca com apenas uma carta da sua mão e tem um kicker ruim, entre outros cenários a depender do bordo.

Mãos fracas

São mãos de poker de baixo valor, que só valem a pena chegar até o showdown se for de check, porque será difícil você tomar call de uma mão pior que a sua. São mãos de poker como um top pair com kicker médio, o segundo par com kicker alto, ou o terceiro par com o top kicker.

Draws

Draws são mãos de poker que ainda não se formaram, mas que dependem de apenas mais uma carta para formar um jogo muito forte. Da mesma maneira das mãos de poker formadas, os draws também têm terminologia própria. Veja a seguir:

Flush draw

Quando você precisa de apenas uma carta para formar um flush.

Exemplo: Você tem 9♥ 8♥ na sua mão e o flop vira: A♥ – 7♥ – 3♣. Você tem um flush draw.

Gutshot – ou “broca”

É a famosa “broca”. Ocorre quando você precisa acertar uma determinada carta para completar uma sequência.

Exemplo: Você tem 7-6 na sua mão e o flop vira: K – 8 – 4. Você tem um gutshot.

Duas pontas para sequência

Quando você tem quatro cartas seguidas e depende de uma das extremidades para formar uma sequência.

Exemplo: Você tem 7-6 na sua mão e o flop vira: K – 5 – 4. Você tem duas pontas para sequência.

Overcards

Quando você tem duas cartas maiores do que o bordo em um bordo seco.

Exemplo: Você tem A-Q na sua mão e o flop vira: J – 9 – 5. Você tem overcards.

Categorias de draws

Vimos que existem categorias e forças das diferentes mãos de poker no pós-flop, e o mesmo acontece com os draws. Assim, eles também demandam diferentes estratégias de ação. Confira a seguir:

Draws fortes

Quando várias situações podem levá-lo a acertar jogadas. Assim, você geralmente você está esperando bater mais de um jogo e tem boa probabilidade de que pelo menos um deles aconteça. Aqui, o ideal é jogar de forma mais agressiva.

Exemplos: flush draw com overcards, flush draw com duas pontas, duas pontas com overcards, etc.

Draw médio

Quando há uma única jogada esperada e a probabilidade de bater as cartas necessárias não é tão alta. Nessa situação, não se deve investir tantas fichas como no caso do draw forte, uma vez que o valor esperado da mão é menor.

Exemplos: flush draw sem o ás, duas pontas para sequência, overcards com gutshot.

Draw fraco

É um draw único e com pouca probabilidade de bater as cartas necessárias para completar sua mão, e ainda que você a forme existe chance de ela não ser a melhor. Nesse caso, deve-se jogar passivamente e considerar seriamente a hipótese de abandonar a sua mão para minimizar prejuízos.

Exemplos: gutshot, overcards, flush draw de uma carta só e sem o ás, etc.

Atenção: a mão de poker pode mudar nas streets

Fique atento às mudanças de categoria conforme avançam as streets. A cada turno, tudo pode mudar e você precisa analisar a força da mão novamente.

As mãos de poker podem começar como “mãos fortes” no flop e se tornarem fracas ou médias no turn. Ao mudar a mão de categoria, você precisa adaptar suas ações para que elas estejam adequadas ao valor e probabilidade da sua mão no momento.

Tanto as suas mãos de poker quanto as do adversário podem ser colocadas nesses grupos, contanto que você saiba estimá-las de forma precisa. Assim, você consegue traçar rapidamente um range do que pode fazer e do que pode esperar do vilão.

A cada nova street, o bordo proporciona novas texturas e informações. Portanto, ao reavaliar a força relativa da sua mão a cada street, você não só evita spots ordinários, como também desenvolve o raciocínio e a leitura de jogo, principalmente em relação às mãos dos adversários.

Essa é uma característica ímpar de muitos jogadores regulares e profissionais de poker e que com o tempo vai lhe trazer muitos dividendos. 

E aí, deu pra aprender mais sobre as categorias das mãos de poker no pós-flop? Se você gostou desse conteúdo, não deixe de conferir os outros artigos do nosso blog e, se deseja aprender mais, baixe gratuitamente nosso e-book “Como jogar poker: Tudo o que você precisa saber para começar”.

Lembre-se que no blog da DM Créditos, nós sempre damos diversas dicas de como se aperfeiçoar no jogo e depositar nas principais salas de poker! Assim que você se sentir preparado, chame a gente no chat ou no WhatsApp para adquirir fichas online e poder lucrar e se divertir jogando!

💻 Facebook | DM Créditos

📲  Whatsapp: (31) 9 8472-3490