Dicas de poker

Gestão de bankroll: como administrar sua banca no poker

Home / Blog & News / Gestão de bankroll: como administrar sua banca no poker
September 18, 2020 1:54 pm | por DM Créditos

Todo bom jogador sabe que a gestão de bankroll é uma das chaves para manter-se ativo, seguro e lucrativo no poker. Se você ainda não sabia, esse texto é para você. A gestão de banca faz com que você corra menos riscos, jogue com mais confiança e, principalmente, esteja preparado para a inevitável variância do jogo!

O que é uma boa gestão de banca no poker?

O bankroll é a quantia reservada exclusivamente para que você aposte em torneios ou mesas de cash game, ou seja, é basicamente o montante de dinheiro que você tem para realizar seus jogos. É sua ferramenta de trabalho!

Se você enxerga o poker como uma fonte de renda, consegue entender mais claramente esse conceito. Se ainda não enxerga, veja pelo seguinte lado: um médico que tem um consultório, por exemplo, investiu tempo e dinheiro em sua educação, equipamentos médicos, funcionários e o aluguel de um consultório.

Essas são as ferramentas de trabalho dele, e com elas ele consegue obter lucro. O mesmo acontece com a maioria dos negócios: lojas, restaurantes e empresas. Essas ferramentas são o porto seguro desses profissionais.

Porém, no poker, além do tempo e dos recursos investidos em seus estudos, sua ferramenta de trabalho é o bankroll. Sem fazer gestão de bankroll, você não consegue sentar-se à mesa ou entrar em um torneio para fazer as jogadas mais lucrativas.

No entanto, ao contrário de outras profissões e outros tipos de negócio, no poker todos os dias você está arriscando parte desse seu porto seguro para buscar o seu lucro. É por essa razão que você tem de administrar o bankroll de forma que você sempre possa estar ativo. 

Por que fazer uma gestão segura?

Primeiramente, você precisa entender que a gestão do bankroll é fundamental para que seu capital esteja sempre seguro e para evitar imprevistos no caso de uma maré de azar, a famosa variância que todos nós sofremos.

A gestão de bankroll também determina se você está apto ou não a apostar em certos limites e quando é a hora de subir de nível, ou às vezes descer a um nível inferior, ainda que temporariamente.

O atributo alt desta imagem está vazio

Veja, o que difere um jogador lucrativo de um jogador recreativo, de maneira simplificada, é a visão do jogo e a disciplina aplicada em buscar sempre fazer as melhores jogadas.

O jogador regular sabe que às vezes, mesmo fazendo as melhores jogadas, ele pode sofrer bad beats e ser vítima da variância do poker. Porém, ele tem de estar disposto e ter banca suficiente para jogar sua próxima sessão, fazendo novamente as jogadas mais lucrativas. O lucro do jogador regular reside em sua consistência.

Para o jogador lucrativo manter essa consistência, ele precisa ter uma grande margem de segurança, pois a variância pode ser cruel. É exatamente para isso que uma gestão de bankroll segura serve: para que você sobreviva essa variância de maneira que possa, no outro dia, jogar o seu melhor poker sem se deixar afetar pelo revés da última sessão.

Assim, mesmo que você esteja em uma maré de azar, poderá voltar a jogar com consistência, confiança e principalmente com banca suficiente para o seu limite.

Administrar o bankroll de forma segura é o que lhe manterá como jogador lucrativo. É o segredo da consistência e, de certa maneira, demonstra que você entende os altos e baixos do poker e o enxerga como um investimento.

As estratégias de gestão de bankroll

As estratégias para administrar o seu bankroll abrem uma margem para que você possa definir o que é melhor para você em determinado estágio da sua carreira.

Elas ditam se você correrá um pouco mais de risco para ter uma possibilidade de lucro maior e possa subir de limites mais rápido, ou se você seguirá firme como uma rocha sem grandes perdas, mesmo que isso implique ficar um tempo um pouco maior em cada limite.

Nós sempre advogamos por uma estratégia segura e conservadora de gestão de bankroll. Isso lhe dá uma garantia enorme de sobrevivência, mesmo entre os piores cenários possíveis de variância no poker. Essa tática, inclusive, é uma excelente proteção contra tilts, mesmo aqueles mais pesados, pois lhe dá maior margem para se recuperar. 

Outro excelente benefício de uma gestão de bankroll segura é que ela faz com que você sempre jogue sem medo de fazer a jogada certa, ainda que ela seja arriscada. No longo prazo, assegura que você cometa menos erros e consiga explorar melhor todos os spots possíveis. Vamos então às estratégias de gestão de bankroll.

Gestão de bankroll agressiva

Essa gestão de bankroll tem a capacidade de mantê-lo relativamente ativo mesmo com a variância do jogo, porém o foco dela é uma subida de limites mais rápida e mais agressiva. Não é uma estratégia tão segura como as outras, muito menos recomendada para iniciantes. Se você está começando, ela talvez não seja uma boa, mas, se você está buscando um crescimento rápido, mesmo com riscos, ela é a opção ideal.

Se você joga cash game: uma gestão de banca agressiva seria em torno de 30 buy-ins máximos de determinado limite.

Por exemplo, se você joga nos limites $0.05/$0.10, o buy-in máximo da mesa é de $10. Logo, um bankroll agressivo para esse limite seria em torno de $300. ($10 x 30)

Caso você jogue joga torneios Sit’n’Go: uma gestão de banca agressiva seria em torno de 50 buy-ins. Se você joga torneios de $11, seu bankroll deverá ser de $550.

Caso jogue torneios multimesa: uma gestão de banca agressiva seria em torno de 70 buy-ins. Se você joga MTTs de $11, seu bankroll deverá ser de $770.

Gestão de bankroll moderada

Uma gestão de bankroll moderada não é tão arriscada quanto uma gestão agressiva, porém não é tão conservadora. É um tipo de gestão equilibrada, para quem busca crescer no poker de maneira um pouco mais sustentável, ideal para quem já tem um nível intermediário de conhecimento do jogo.

Se você joga cash game: uma gestão de banca moderada seria em torno de 50 buy-ins máximos de determinado limite. Se você joga em mesas com buy-in máximo de $10, seu bankroll deverá ser de $500.

Caso jogue torneios Sit’n’Go: uma gestão de banca moderada seria em torno de 80 buy-ins. Se você joga torneios de $11, seu bankroll deverá ser de $880.

Já se você joga torneios multimesa: uma gestão de banca moderada seria em torno de 100 buy-ins. Se você joga MTTs de $11, seu bankroll deverá ser de $1100.

Gestão de bankroll conservadora

Uma gestão de bankroll conservadora no poker é o último quesito em segurança e é a que mais recomendamos. Ela lhe fará jogar com absoluta consistência sem ser afetado pela variância. Assim no longo prazo, qualquer downswing que você tenha não o fará descer de limites.

É recomendada tanto para jogadores que vivem do poker e não podem ter prejuízos em suas bancas em hipótese alguma quanto para iniciantes que querem levar o jogo a sério, minimizando quaisquer riscos de aprendizado.

Se você joga cash game: uma gestão de banca conservadora seria em torno de 100 buy-ins máximos de determinado limite. Se você joga em mesas com buy-in máximo de $10, seu bankroll deverá ser de $1000.

Caso jogue torneios Sit’n’Go: uma gestão de banca conservadora seria em torno de 150 buy-ins. Se você joga torneios de $11, seu bankroll deverá ser de $1650.

Já se você joga torneios multimesa: uma gestão de banca conservadora seria em torno de 200 buy-ins. Se você joga MTTs de $11, seu bankroll deverá ser de $2200.


Dicas para definir a melhor gestão de bankroll para você

1 – Trate o poker como um negócio

O atributo alt desta imagem está vazio

A partir do momento em que você começa a levar o poker a sério, você nota que não são somente suas decisões nas mesas que podem trazer  sucesso ou  fracasso. Assim, tal qual o gestor de uma empresa, você deve levar em consideração que são muitos os fatores que envolvem o seu presente e o seu futuro no poker, principalmente se tratando de variância.

Por isso, o primeiro passo para administrar o bankroll de forma precisa é desenvolver uma mentalidade e uma relação empresarial entre você e o poker.

É primordial que você entenda que, para ser lucrativo, ele não deve ser apenas um jogo para você, mas uma fonte de renda, assim você não pode correr o risco de ficar sem capital. Quando você enxerga o poker como um negócio que precisa sobreviver, fica mais fácil definir a melhor estratégia de gestão do seu bankroll.

2 – Adapte a sua gestão de bankroll ao seu nível de jogo

Você deve descobrir em qual nível você está como jogador, e para isso serão necessárias experiências em diversos torneios de poker: desde os pequenos até os maiores.

Assim, duas coisas poderão ocorrer: a primeira é que você poderá entender qual o seu nível real de jogo, e a segunda é a possibilidade de conquistar níveis mais evoluídos com ajuda de estudos e de uma gestão de bankroll adequada.

3 – Torne-se um especialista

Agora que você já conquistou bastante conhecimento (sobre você e o seu jogo), é hora de pensar em focar em uma modalidade que lhe proporcione mais segurança e conforto para o seu jogo e para administrar o seu bankroll. Em suma, estamos dizendo para você se tornar especialista em uma modalidade!

Grandes torneios, com valores de inscrições elevados, reúnem jogadores com experiências superiores, e muitas vezes é por isso que o seu bankroll não suporta esse tipo de torneio. Então o que é necessário para chegar lá?

Além de paciência e experiência, um passo estratégico seria escolher uma modalidade para se especializar. Dessa forma, o seu bankroll não correrá muitos riscos devido à sua maior autoridade nas mesas.

4 – Aguarde o tempo certo para subir de limites

Em fóruns na internet e em notícias sobre poker, muito se vê sobre histórias de jogadores que fizeram um depósito de poucos dólares e com uma gestão de banca ultra-agressiva logo estavam disputando os jogos mais caros do poker. 

Porém, histórias como essas são raríssimas exceções. Por mais que feitos como esses possam nos instigar a deixar de administrar o bankroll e nos arriscar a ser um Isildur1 ou um durrrr, chegando aos high stakes rapidamente, a realidade é que milhares de jogadores perdem suas bancas tentando imprudentemente repetir tais feitos.

A estrada rumo aos limites mais altos assemelha-se mais A uma maratona do que uma corrida de 100 metros rasos. Paciência e foco são fundamentais.

5 – Escolha bem o seu provedor de fichas online


Tal como uma empresa, a gestão do seu bankroll também envolve o investimento em um capital inicial. E tanto no meio empresarial como no poker, esse investimento deve ser calculado.

É preciso que você escolha um provedor de créditos de confiança, que não apresente riscos e forneça uma cotação justa. Dessa forma, você sempre poderá manter uma banca saudável e garantir a segurança dos seus investimentos.

Além disso, como todo bankroll provém da aquisição de créditos, é interessante que você negocie suas fichas online, assegurando assim a melhor aplicação possível do seu dinheiro. Ou seja, tente comprar seus créditos por uma cotação justa.

E depois tente vender seus lucros pelo maior valor que conseguir, contanto que o comprador seja confiável. Não é aconselhável vender seus créditos no poker para quem não tenha uma reputação ilibada neste meio.

6 – Não seja sugado pela fantasia

Muita gente chega ao jogo após ver torneios na TV em que jogadores, muitas vezes amadores, faturam prêmios milionários após alguns dias de disputa.

É com essa expectativa, de ganhar dinheiro fácil e rápido, que muitas pessoas buscam iniciar no poker, mas quem já conhece o jogo sabe que a realidade não é bem assim. Uma carreira vitoriosa e consistente nesse jogo se faz no longo prazo.

A ideia de gestão do bankroll por si só já quebra diversos paradigmas em relação à fantasia do poker. É importante ter disciplina e ater-se ao fato de que, uma vez que você estipulou a sua gestão de banca, não é sábio que você volte atrás e tente um big hit acima dos seus limites.

Geralmente, essa é uma decisão pouco racional e que no longo prazo ferirá o seu bankroll ou atrasará sua subida de limites.

7 – Muito cuidado com os saques

O último passo para administrar o seu bankroll da maneira correta é delimitar uma quantia de reserva intocável, ou seja, que você nunca vai sacar enquanto jogador ativo.

O que precisa ser entendido é que, mesmo ganhando, jogadores sempre correm o risco de perder tudo. Caso você não tenha essa quantia de reserva, ficará sem investimento para dar continuidade ao jogo. Assim, tome bastante cuidado e consciência quando for sacar o seu dinheiro, ok?

Ter e realizar uma boa gestão de bankroll no poker é fundamental! Por isso, acreditamos que seguindo estes sete passos você terá maior facilidade em controlar o seu dinheiro e atingir outros patamares de jogos e desafios.

Além disso, parte de uma boa gestão de banca reside em não correr riscos nos saques e depósitos, e é para isso que a DM Créditos existe: descomplicar a compra e venda de créditos!

Basta chamar um dos nossos atendentes no chat disponível em nosso site ou até mesmo pelo nosso Whatsapp. Dessa forma, você pode fazer seu investimento no poker ou sacar seus lucros com a marca de maior confiança no mercado e pela melhor cotação possível!

Chame-nos no WhatsApp e tire todas as suas dúvidas e conte com a DM Créditos sempre que precisar de créditos nos principais sites de poker!

💻 Facebook | DM Créditos

📲  Whatsapp: (31) 9 8472-3490